Hóstias alucinogénias levam idosas a agredir padre

No passado dia 19 de Novembro, numa igreja do Santo Espírito de Campobasso da região centro de Itália, as hóstias que normalmente são feitas de água e farinha de trigo sem quaisquer outras adições, terão sido produzidas por engano com uma farinha alucinogéna.

Os efeitos entraram rapidamente em ação nos fiéis que tomaram as hóstias. Começaram a ter visões de santos, abraços ao crucifixo e duas idosas correram atrás do padre agredindo-o e acusando-o de ser o demónio. Don Achille refugiou-se na sacrista até que as autoridades chegaram à localidade, revelou a imprensa local.

Segundo a polícia, tratou-se de uma intoxicação alimentar (ergotismo), que havia sido causada por farinhas de cereais contaminada por fungos que atingem o grão. Alguns destes fungos contêm agentes psicotrópicos como LSD.

No entanto, na sexta-feira, a diocese de Campobasso desmentiu categoricamente o acontecimento, alegando tratar-se de um ataque contra a Igreja católica. “É preciso respeitar o sagrado enquanto tal e isto vale também para quem não acredita”, referiu em comunicado.

Comentários

You may also like...